sexta-feira, 24 de junho de 2016

Cuida do teu jardim!



   Nem sempre o mais inteligente é nos forçarmos a estar bem. Por vezes basta parecer, manter as aparências e a noite em que a cabeça está fria o suficiente para processar tudo e a tranquilidade substitui a apatia acaba por aparecer. Afinal de contas, de que adianta forçarmos a felicidade em momentos que não somos capazes de lutar por ela? Ninguém desfruta dos raios do sol quando está no fundo do poço! Cuida do teu jardim, mesmo quando a casa está em obras.


Sem comentários: